Saturday, November 22, 2014

Sessao Restaurante (Bruges): Auberge de Herborist

Para a primeira noite das nossas mini-férias, reservamos uma mesa no restaurante Auberge de Herborist A very good restaurant in its category, do chef Alex Hanbuckers. Fica em Bruges (aliás, super pertinho do L.E.S.S. :-) ), mais precisamente em Sint-Andries ( 25 minutos de De Haan) e, literalmente, no meio do nada :-)


Restaurante Auberge de Herborist

 Na frente do restaurante, as vaquinhas pastando :-) (para sorte delas, atacamos só de peixe no nosso jantar :-)  ).

O restaurante é dividido em vários ambientes - o que foi bom, porque o nosso estava bem calmo e silencioso, e o do lado estava mega barulhento :-)

 Da nossa mesa, era possível ver o movimento na cozinha :-)

Pratinho de pao...

... com jarrinha de azeite de oliva e manteiga.

Em todas as mesas, marshmallows rosas como decoracao :-)

O amuse-bouche era muito criativo :-) Acompanhava um baldinho (com uma saladinha), um mini-regador (com uma mousse), um canteiro (nao sei do que era a 'terra', mas era ótima!) e uma colher em formato...

... de pazinha :-)

Como aperitivo, eu pedi o cocktail da casa: champagne + licor de holunder (bem refrescante)


O restaurante nao possui cardápio escrito: as opcoes sao todas faladas pelo chef, que vem em cada mesa. Como eu nao anotei no dia o que comemos (e nem tinha como tirar foto do cardápio, já que nao havia cardápio!), acabei esquecendo quase tudo :-( Mas a comida estava definitivamente deliciosa :-D


A primeira entrada era uma variacao de três saladas.

Salada asiática (embaixo do krupuk, havia uma salada de macarrao)...

... salada grega (uma espécie de iogurte de queijo feta com limao - estava ótimo!),  e, atrás, mousse de queijo muzzarella fazendo parte da...

... composicao da salada caprese.

Segunda entrada de namorido: peixe com molho bouillabaisse e...

... algo que a gente nao lembra mais :-)

Minha entrada era dividida em dois: moluscos e lesma :-) ...

... além de uma mini-abobrinha recheada :-)

Como prato principal nós dois escolhemos o mesmo: filé de atum. O meu estava ótimo, o de namorido um pouco passado demais :-(

A decoracao do prato :-)

De sobremesa, eu fui de composicao de chocolate: petit gateau, mousse de chocolate ao leite, sorvete de chocolate branco.

E namorido foi de frutas silvestres.

Para encerrar, um expresso.

Achei fofo o jarrinho gordinho de leite :-)

Acompanhando o cafezinho, uma mini-torta de frutas cítricas: deliciosa :-)

Friday, November 21, 2014

De Haan - Hotel Romantik Manoir Carpe Diem

O planejado era chegar de tarde, tirar uma soneca no hotel, e entao ir dar uma caminhada e conhecer De Haan. Mas como chegamos de tardezinha, só deu tempo de tomar um bom banho para relaxar, e entao sair para jantar.

Adoramos o hotel - Romantik Manoir Carpe Diem :-)  O quarto era bem aconchegante, e o hotel fica a 400 metros da praia.

Nosso quarto.

A piscina - apesar de ser final de agosto (ainda verao), a água estava friiiia - nem pensar em entrar :-)

Sala de estar do hotel.

As fotos do exterior do hotel namorido tirou no nosso terceiro dia em De Haan - lindo céu azul :-)

O hotel era uma antiga mansao.

Fotos do café da manha no dia seguinte.

Um buffet com grande variedade e algo que eu achei bem original...

... chocolate no café da manha!!!! :-D

Thursday, November 20, 2014

Sessao Restaurante (Bruges): L.E.S.S.

Enquanto estávamos no engarrafamento em Bruxelas, eu fiquei folheando meus guias turísticos até achar um restaurante em Bruges para almocar. A idéia era almocar no restaurante Hertog Jan, do chef Gert de Mangeleer. Porém, quando chegamos no endereco, vimos que o nome escrito na entrada era L.E.S.S. e nao Hertog Jan. Nem perguntamos porque - até porque nossa cabeca estava mais concentrada em como conseguir alguém para consertar o carro do que em investigar porque o restaurante Hertog Jan se transformou em L.E.S.S. (Love, Eat, Share, Smile). Mas alguns dias depois, eu pesquisei na internet, e vi que o Hertog Jan se mudou para uma fazenda (o lugar parece super legal! O restaurante fica no meio de uma fazenda, onde os vegetais sao plantados e vem fresquinhos no prato. O restaurante tem paredes de vidro de onde é possível ver a plantacao ao redor :-) Fiquei tao curiosa que já fiz uma reserva para o nosso aniversário de casamento em abril de 2015, hihihi), e o restaurante L.E.S.S. é comandado sob a supervisao do chef Gert de Mangeleer mas é mais informal, seguindo o conceito de tapas e pratos para compartilhar.


O antigo Hertog Jan virou o atual L.E.S.S.. De algumas mesas, é possível ver o movimento na cozinha.

Gostei da lata como porta-talheres :-)

Óleo de oliva da Catalunha - mais precisamente, de Priorat.

De entrada, pedimos algumas tapas. Essa foi o pao grelhado com azeite de oliva e tomate.
[Pan con tomate 'Coca de Cristal']

Berinjela grelhada com arenque Don Bocarte e pancetta (carne de porco curada e seca) Maldonado derretida.
[Grilled eggplant, anchovy ‘Don Bocarte’ and melted pancetta ‘Maldonado’]

Esse foi o meu predileto: filé de atum, pimentao grelhado e abacate. Nhac!
[Fillet of tuna, grilled sweet pepper, avocado]

De prato principal, nós dividimos um contrafilé (mais precisamente, meio quilo de carne) grelhado em carvao. Muuuuuuuuito bom!!!
[Faux Filet Holstein, Grilled on charcoal (500 gram)]

Acompanhava salada de quinoa com roma e...

... uma salada de bulbo de erva-doce (se eu nao me engano...).

De sobremesa, namorido atacou de mousse de chocolate com óleo de oliva e sal. Eu achei o gosto do óleo de oliva um pouco forte, mas a combinacao ficou bem interessante.
[Chocolate, olive oil, salt]

Eu fui de sorvete de baunilha feito na hora. Conforme me explicou o garcom, o sorvete é feito na hora (a massa líquida se transforma em poucos minutos em sorvete). Eu achei super cremoso, mas nao tao diferente assim de outros sorvetes cremosos :-) Acompanhava uma deliciosa calda de chocolate :-)
[Vanilla ice cream made ‘à la minute’]

Para encerrar, um café expresso :-)

Antes de voltarmos para o carro (mal sabíamos que ainda passaríamos algumas horas no estacionamento do restaurante...), fui rapidinho no banheiro. Na porta, o símbolo identificando o banheiro feminino do masculino (eu confesso que SEMPRE me confundo qual é qual!)

Torneira brotando do espelho :-)

Idéia, mmmm, interessante: se a pessoa quiser, pode compartilhar pensamentos escritos no livro pendurado no toilete, hahaha :-)

Friday, November 14, 2014

Final de Semana Prolongado em De Haan

No final de agosto, namorido e eu decidimos tirar um final de semana prolongado em De Haan, na costa da Belgica, para descansar e pôr os pés pra cima. Mas nossos planos acabaram indo por água abaixo: sim, nós fomos para De Haan, e sim, foi um final de semana prologando, mas tudo o que a gente fez foi NAO descansar :-( 

Saímos de Aachen numa quinta, pelo meio da manha, e pegamos um engarrafamento homérico nos arredores de Bruxelas - uma hora a mais do que o planejado num trânsito que ia a passo de lesma (tremendamente irritante, yerks!). Decidimos entao parar em Bruges para almocar (já eram 12h30) e entao seguir viagem para De Haan (há uns 15 minutos de Bruges). Escolhi (durante o engarrafamento - tempo eu tinha, hihihi) um restaurante nos arredores de Bruges, e lá fomos nós. Namorido estacionou o carro, e antes de sairmos em direcao ao restaurante, ele resolveu manobrar um pouco para estacionar melhor. Nisso, a direcao do carro travou, e uma mensagem de erro comecou a aparecer no visor do carro - aaaargs! Namorido mexeu de um lado e de outro, e nada do erro ir embora - além da direcao ter ficado extremamente dura, e nao ser possível dirigir. Nesse meio tempo, o garcom do restaurante veio ao nosso encontro (a cozinha do restaurante tinha um janelao enorme que dava de cara com o nosso carro) e perguntou se podia ajudar. Nós explicamos a situacao e ele foi buscar o telefone da concessionária em Brugges (que nao ficava muito longe do restaurante). Como o carro ainda estava na garantia, e ela vale para toda a Europa (o carro foi comprado na Alemanha, mas nós estávamos na Bélgica), namorido resolveu ligar direto para o Servico de Garantia da empresa (ao invés do seguro). Eles pegaram todos os dados, e disseram que nos ligariam novamente depois de ter contactado um servico de mecânico/guincho para ir até onde nós estávamos.
Como já estávamos no estacionamento do restaurante mesmo, e teríamos tempo até o guincho chegar, resolvemos almocar. No meio do almoco, namorido teve que sair algumas vezes para atender o telefone e falar com o pessoal da garantia novamente, e com o pessoal do guincho - mas até aí nós até que estávamos tranquilos - a comida estava ótima, o vinho (para mim) também, e pelo menos a gente estava esperando sentados e almocando :-D
Depois do almoco, esperamos mais uma meia-hora até o guincho chegar. O mecânico mexeu e mexeu e mexeu, e disse que realmente teria que ser levado até a concessionária para ser consertado. O problema é que o carro de namorido tem tracao nas quatro rodas e o guincho precisa ser especial nesse caso - e o guincho que ele trouxe, mesmo tendo especificado que carro era, nao dava para levar o carro - aaaaaaargs! O mecânico entao ligou para a empresa do guincho e pediu para um colega vir. Ele nos disse que demoraria uma meia-hora até o guincho certo chegar. Ok! Depois de 50 minutos esperando, namorido e eu estávamos subindo pelas paredes de cansaco e raiva - cadê o guiiiiiiiiincho? Namorido ligou várias vezes para o servico de garantia (eles foram super atenciosos, mas também nao conseguiam ajudar) e várias vezes para o servico do guincho, e a a resposta era sempre: só mais uns 20 minutos, só mais uns 20 minutos. Depois de DUAS HORAS ESPERANDO (o que era para ser só 30 minutos), chega o segundo guincho. E adivinha: o novo mecânico do segundo guincho disse que o guincho que ele havia trazido nao era o certo, e que em 15 minutos ele voltaria com o correto. Nós quase tivemos um chilique! E eu disse: 'Mas é 15 minutos mesmo, e nao 30 minutos que se tornaram 2 horas, certo?' E o mecânico me responde: 'Madame, nao se estresse, vocês estao na Bélgica e nao na Alemanha. Aqui é tudo mais relax.' AAAAAAAAAAARGS! Nesse meio tempo, já eram 17h, e a concessionária fechava às 18h. Oh meus sais! Mas o segundo mecânico manteve a promessa, e às 17h30 estávamos no guincho, indo rumo a concessionária.
O seguro da garantia de namorido dá direito a um carro de aluguel em caso de problems com o carro. A concessionária nao tinha convênio com empresas de aluguel de carro, mas eles tinham carros da própria concessionária que estavam disponíveis para esse servico. O único problema é que nao poderíamos ir com esse carro de volta para a Alemanha. Ou seja: se o conserto do carro nao ficasse pronto até sábado ao meio-dia, teríamos que no sábado ir de volta a concessionária devolver o carro deles, e o seguro da garantia arrumaria um carro de uma empresa de aluguel.
Na sexta de manha, namorido passou telefonando com o seguro da garantia. Eles foram super atenciosos, nos ligando frequentemente cada vez que havia novidades. Mas o problema ainda nao tinha solucao. Perto do meio-dia, ficou claro que o carro nao seria consertado até sábado ao meio-dia. Mas o seguro da garantia disse que nos arrumaria um carro de aluguel que seria levado até o nosso hotel em De Haan. De lá, namorido dirigiria o carro da concessionária para devolvê-lo em Brugges, e eu iria dirigindo o carro de aluguel, e depois voltaríamos no carro de aluguel para De Haan onde passaríamos o domingo descansando. E o carro de namorido seria consertado em Brugges e levado de transporte de volta a Aachen assim que estivesse consertado. E o carro de aluguel nós poderíamos devolver na concessionária em Aachen que eles tomariam conta de tudo. Assim na teoria. Na prática, o final de semana em que estávamos em De Haan foi o mesmo da Fórmula 1 na Bélgica e, surprise, surprise, NAO HAVIA carros de aluguel disponível. Em toda Bruges e Bruxelas. AAAAAAAAAARGS! A gente nao tava acreditando! Mas o seguro disse que daria um jeito, e que no sábado de manha éramos para ir até a concessionária devolver o carro deles, e que tentariam ainda achar um carro de aluguel de qualquer jeito.
No sábado de manha, lá fomos nós até a concessionária. Devolvemos o carro deles e ficamos esperando o seguro achar uma solucao. O problema é que o seguro nao conseguiu achar carros de aluguel (e nem nós, porque nesse meio tempo a gente também decidiu investigar na internet se nao havia mesmo nada disponível) e a solucao foi que voltássemos de trem até Aachen. O problema é que teríamos que pegar um trem de De Haan até Bruges, de Bruges até Bruxelas, de Bruxelas até Aachen - isso com tripé de máquina fotográfica, um monte de bagagem (porque quando a gente viaja de carro leva a casa inteira, mesmo que seja só para um final de semana prolongado :-)  ) e mais uma pilha de casacos. Naaaaaaaaao! Namorido estava perdendo a paciência nesse meio tempo, e foi falar com o mecânico-mor da concessionária. Esse ligou para o chefe dele, e eles decidiram abrir uma excecao e nos deixar usar o carro da concessionária e levá-lo até Aachen (por causa do seguro desses carros, isso nao é permitido, mas foi o jeitinho belga de nos ajudar). O único problema é que teríamos que trazer o carro de volta para Brugges assim que o carro de namorido estivesse consertado - o que ainda nao estava claro quando aconteceria. AAAARGS! Mas, ok, decidimos que era melhor do que levar toda a nossa traquitana de um trem a outro. E assim passamos o nosso sábado de manha nas nossas mini-férias :-) Acabamos voltando no domingo de manha para casa, e quarta-feira (com direito a um engarrafamento enorme novamente nos arredores de Bruxelas, mesmo nao sendo horário de pico) fomos, depois do trabalho, de Aachen até Bruges, onde dormimos num hotel ótimo (encontrei uma promocao de último minuto super boa!), tivemos uma janta deliciosa, passeamos e namoramos no centro de Bruges todo iluminado e sem os turistas que abundam pelas ruas durante o dia, e quinta de manha, cedinho, voltamos na concessionária para resgatar o carro de namorido e devolver o carro deles.

Mega relax essas mini-férias or what? :-)

E, sim: esse problema gerou tanto stress, que acabamos nao fazendo nada do que tínhamos planejado. Mas acabamos conhecendo ótimos restaurantes (porque comer a gente precisa - e, nao, eu nao sou da categoria que perde a fome quando está estressada, hihihi :-)  ), caminhamos na beira da praia, e conhecemos um milésimo do que queríamos ter visto - mas pegamos bastante material turístico, e agora sabemos exatamente o que queremos ver nos arredores de De Haan - porque, sim, nós voltaremos para De Haan algum dia para recuperarmos nossas mini-férias roubadas :-)

Monday, November 10, 2014

Sessao Movie (ou melhor, Séries): Keeping Up Appearances

Keeping Up Appearances

Antiga série da BBC. Dei boas risadas com a personagem principal: Hyacinth Bucket (ou Bouquet :-)  ).