Sunday, April 13, 2014

Passeando por Montseny

Dia 28 de dezembro fomos passear na cidade de Vic. Para chegar lá, passamos pelo parque natural da cordilheira de Montseny - montanha acima e montanha abaixo :-)

Cordilheira de Montseny

Em alguns trechos, há redes protegendo a estrada de pedras que rolem pela montanha abaixo.

Há várias trilhas de trecking no parque natural de Montseny. Em Coll-Formic...

... a 1.145 metros de altitude...

... paramos para tirar fotos. Ao longe, iluminado pelo sol, o mar!

Ainda no parque natural de Montseny, fizemos uma pausa para um café no povoado de El Brull. O ponto principal é a igreja Sant Martí del Brull.

Na lateral da igreja, arcos e bancos.

Ao alto, uma janelinha...

... escondendo um vespeiro (ou uma colméia?)

Olá, gatinho de El Brull :-)

Seguindo pelo povoado, fomos em direcao as ruínas do castelo de El Brull.

E aí estao as ruínas do castelo de El Brull: sério, só essa parede? Sim, só essa parede :-)

Sunday, March 23, 2014

Curtindo o Natal em Barcelona - Els Quatre Gats

Depois de visitarmos o Palau de La Música, fomos almocar. Os planos eram de conhecermos o restaurante Dos Palillos (do chef Albert Raurich, um dos ex-chefs da equipe do elBulli). Mas ele estava fechado para o período de Natal, entao ficou para uma próxima vez :-)

Entrada de servico do restaurante, onde se vê...

... a jaqueta do chef dos tempos do elBulli.


A alternativa foi ir no restaurante Els Quatre Gats (onde já tínhamos ido há alguns anos atrás). O restaurante existe desde 1897, e faz parte da história de Barcelona (principalmente ligada ao meio artístico). Picasso, por exemplo, comecou a frequentar o restaurante em 1899, e sua primeira exposicao ocorreu ali :-)
A primeira vez que eu ouvi sobre esse restaurante foi no livro 'A Sombra do Vento', e por isso quis conhecê-lo há alguns anos atrás. Ele também serviu de cenário para o filme 'Vicky Cristina Barcelona'.
A comida é boa, mas o mais interessante é a decoracao do lugar :-) O que desmotiva sao as filas para conseguir uma mesa: o melhor é chegar lá pelas 13h (considerado cedo para o almoco espanhol :-)  ), ou reservar uma mesa com antecedência.

 O interior do restaurante

Há uma espécie de sacada construída por toda a lateral, onde há mais mesas disponíveis - uma espécie de segundo andar :-)

O cardápio, com ilustracao feita por Picasso

Mesa pronta para o almoco.

Na parede, clientes ilustres, como a Rainha Silvia da Suécia ou Woody Allen.

Garrafa de água - adorei o tom de azul dela :-)

Nossa entrada: dois tipos de croquete (amo!). Um de foie, outro de frango (acho, nao lembro direito :-)  ).

Prato principal: filé com foie gras. Purê de batatas.

Para encerrar, um cafezinho :-)

E fotos do banheiro: detalhe para os dois...

... espelhos e suas lindas molduras!

Saindo do restaurante, a fila já estava grande! Sorte que chegamos cedo :-)

Monday, March 17, 2014

Curtindo o Natal em Barcelona - Palau de la Música Catalana

Um dos lugares que decidimos visitar esse ano em Barcelona foi o Palau de la Música Catalana (ótima dica da minha amiga Mí :-)  ). O Palau (=Palácio) abriga salas de concertos, e foi construído como sede para o coral 'Orfeó Català' (fundado em 1891). O prédio, em estilo art noveau, foi projetado por um dos grandes representantes do modernismo na Catalunha: o arquiteto Lluís Domenèch i Montaner (sim, Gaudi nao era o único :-)  ).

O Palau é, hoje, patrimônio da Unesco. Para ver o interior do prédio, é possível comprar tickets para os diferentes concertos que acontecem durante o ano inteiro (para quem estiver mais interessado no interior do prédio do que no concerto em si, preste atencao em que sala o concerto acontecerá: o salao principal é o Concert Auditorium, mas há também o Petit Palau e a Sala d'Assaig de l'Orfeó Català (salao de ensaios do coral, mas que é também usado para pequenos concertos) ). O concerto de Natal e o de Ano Novo sao famosos e os tickets bem disputados. Outro jeito de conhecer o prédio por dentro é através das visitas guiadas - no passado, fotos do interior do Palácio eram proibidas, mas agora sao permitidas. Nós optamos pela visita guiada e foi ótima: nosso guia era muito bom, e as informacoes super interessantes!

Entrada para comprar os bilheres

A entrada principal do Palau...

... com sua estrutura de vidro e metal englobando o prédio.

Uma das laterais do prédio.

Orfeó Català

Um antigo guichê para comprar tíckets

E agora, dentro do prédio, na Sala Lluís Millet. Detalhe do lustre.

Lá fora, pendurada de uma janela, a bandeira da Catalunha.

Coluna com detalhes floridos :-)

Detalhe da balustrada: uma combinacao de vidro, metal e luz.

O palco do Concert Auditorium.

No centro, o brasao da Catalunha...

... ladeado por figuras femininas (as musas), 'saindo' das paredes e tocando instrumentos.

De cada lado do palco, esculturas. Do lado esquerdo, Beethoven.

Os diferentes andares do salao. E, olhando para cima...

... a jóia do prédio: uma clarabóia fantástica...

... simbolizando o sol.

A clarabóia é no formato de um gigante lustre, trazendo luz para o interior do prédio.

Nao sei se o efeito é o mesmo durante a noite, mas durante o dia é simplesmente fantástico!

Uma verdadeira obra de arte!

Em uma das janelas, o brasao da Catalunha novamente.

Detalhe dos camarotes...

... e das cadeiras :-)


Para quem vem a Barcelona, o Palau definitivamente merece uma visita!

Sunday, March 16, 2014

Curtindo o Natal em Barcelona - parte II



 É hora de acordar! Vista da nossa janela do hotel

 Caminhando pelas rua de Premià, tirei uma foto de algo que eu acho diferente: as casas mais antigas têm sempre duas portas de madeira. Uma é uma espécie de portao, e a outra é a porta da casa propriamente dita.

Na época de Natal, há um prêmio especial na Loteria - e quem normalmente nunca compra um bilhete, acaba comprando nessa época do ano. Uma pessoa em Premià ganhou um dos prêmios, e a aglomeracao era grande na frente da casa lotérica - com vários repórteres e câmeras de filmagem inclusive :-)


Ao meio-dia, fomos para as ruas novamente para ver uma apresentacao da nossa afilhada em um grupo de danca. Antes da apresentacao dela, vimos um grupo de Ball de Bastons - uma danca antiga (comecou lá por 1150), típica da Catalunha, em que os dancarinos lutam um contra o outro com uma espécie de bastao.
Ball de Bastons. A música vem do som dos bastoes batendo um contra o outro e...

... de pequenos sinos...

... presos na barra das calcas...

... dos dancarinos.