Monday, November 2, 2009

Série Rio Pardinho - parte I

Meus pais moram no interior do Rio Grande do Sul, na cidade de Santa Cruz do Sul, mais precisamente no distrito de Rio Pardinho (que tem origem do nome no rio que banha o lugar - onde é possível tomar banho ainda, com direito a ponte pênsil de arame e madeira - é um barato ficar no meio da ponte e sacudir toda a estrutura, nao é para qualquer um, hehehe).
Como o objetivo maior da nossa viagem era ficar com a minha família, essas duas semanas acabaram gerando várias fotos da fauna e flora da casa dos meus pais :o) E a série Rio Pardinho comeca com namorido tirando fotos e mais fotos do pássaro símbolo do Rio Grande do Sul: o famoso Quero-Quero. A fêmea havia feito um ninho no gramado da casa dos meus pais, e ambos (o macho e a fêmea) davam gritos histéricos (gritos? Ou pios? O pio do quero-quero é tao estridente que parece mais um grito!) cada vez que alguém estranho se aproximava. O engracado é que para meu pai e minha mae, por exemplo, o quero-quero nem dava bola: podiam passar perto que era um nem te ligo. Agora, quando namorido chegava perto com a lente paparazzi dele, o quero-quero tinha um chilique: a fêmea saía da posicao de chocadeira (acho que para tirar a atencao do ninho) e o casal ficava em posicao de ataque (que, eu confesso, dah um certo medinho, porque quando eles dao voos rasantes sai de perto: é pura adrenalina!).

Entao, com voces, o famoso quero-quero :-)

Em todo o seu esplendor: eu acho muito fofo o penacho da cabeca dele :-)

Em posicao de ataque: corre, namorido, corre!

Fazendo pose! Engracado o olho vermelho dele, nao? De longe eu nunca tinha reparado!


E finalmente a foto que namorido queria: quero-quero chocando no ninho...

... se levantando e...

... mostrando os ovinhos camuflados!

14 comments:

Mariane said...

A vó Ila disse que vocêsa recisam voltar imediatamente, pois hoje chegou o dia tão esperado: o nacimento dos herdeiros da família quero -quero. Beijos Mary

Renata said...

Quer dizer, Dona Joaninha, que você estava mais perto de mim do que jamais esteve?????rsrsrsrsrsrsr...

Que delícia esse casório-reprise, hein????

Adorei as fotos do quero-quero!!!

Beijo grande,

Rê.

Silvinha said...

Adoro as fotos do sr. namorido :o)

Beijos

Camila said...

Bem-vinda de volta!!!

Katia Bonfadini said...

Angie, que saudades!!!! Não sabia que você estava viajando e senti falta dos seus posts e dos comentários no Criative-se!!!! Mas, que bom que você tirou essas semanas pra descansar e visitar a família. Parece um lugar bem tranquilo... e sabe que esse pássaro me lembrou um que eu vi em Teresópolis esse fim de semana? Ele dava um vôo rasante e fazia muito barulho. Também tirei umas fotos. Vou compará-las com as suas pra saber se é o mesmo bichinho. Ah, amanhã vou postar o cardápio que fiz pro aniversário do meu pai e foi inspirado no seu cardápio do casamento, com duas dobras... coloquei o link pro seu post lá, tudo bem? Um beijão e seja bem-vinda de volta!!!!

Luciana said...

Lembra qdo iamos na casa dos Leonhardt? Nossa que medo que dava aqueles quero-quero voando ao redor da gente. E eu tinha que buscar leite lá ... era um pavor ... hehehe.
Amei ver vcs de novo ... pena que foi pouco, mas sei que o tempo sempre é corrido!!!

Bjs, Lu

Márcia said...

Ahhh que sessão de fotos mais National Geographic! Amei!
Lindas as fotossss
Bjim
Márcia

SandraM said...

Eba! Voce voltou!

Hmmm vou adorar agora ver todos os causos contadinhos em capítulos cheios de detalhes como só vc sabe escrever! Eu quero-quero!! hehehe

SÍLVIA OLIVEIRA said...

Sabe que os quero-quero também estão por todos os parques de Curitiba... e aquele penacho que você mencionou, também adoooro! Bjs!

Anonymous said...

oi, Angie
as histórias do quero-quero, que até hoje está querendo.. SÃO SÓ NOSSAS, NÉ?
ver o casalzinho em vias de serem pais, deve ter dixado o ROGER encantado...realmente, a natureza pródiga concedeu a este pássaro o penacho da garça real, o vôo do corvo e a laringe do gato...
momentos mágicos compartilhados por nós.... beijocas da
camininha

Lidiane Vasconcelos said...

Oi!! :)
cheguei até aqui através de citação do seu blog feito pela Kátia, do Criative-se.

Este post foi todo novidade para mim. Não conheço o RS, nem o quero-quero. :D

É um pássaro muito bonitinho, e o penacho é bem diferente. Seu namorido tirou belíssimas fotos. :)

Anonymous said...

oi... ameias fotos... estão como sempre divinas... bjinhos, Mí

Nina said...

só passeando né???

Tiquinha Bacana said...

Angie, VOCÊS TIRAM FOTOS LINDAS! Já indiquei o blog para várias pessoas, uma delas minha irmã, que está fazendo um curso de fotografia profissional. Os quero-quero atacam sim. Já fui atacada por um casal enquanto corria no clube. Como eles fazem os ninhos em campo aberto, têm que protegê-los. Os ovinhos parecem de codorna, não?! Saudades da minha "Doriana", hahahaha. Beijoks