Sunday, December 20, 2009

Ele sobreviveu!

Há 8 anos atrás, quando morava e trabalhava em Bruxelas, passeando pelas ruas da cidade, achei uma lojinha encantadora. Era cheia de traquitanas, mas todas coloridonas ou com um design super diferente. Olhando por tudo, achei um cachorrinho (ou cachorrao) de pelúcia, com as patinhas para a frente, me olhando, pronto para um abraco :-) Ele era tao fofo, mas tao fofo, que nao teve como resistir! Ele era peca unica na loja, e nao seria reposto (só havia espaco para um old english sheepdog em Bruxelas igual a ele) e entao resolvi adotá-lo (ou melhor, comprá-lo) :-) Com um sorriso lá fui eu para casa, levando na sacola meu mais novo amigo na cidade: Barney :-) Eu nao sou muito fa de bichos de pelúcia, e já dei vários para adocao. Mas alguns tem um quê a mais, algo quase que como uma personalidade :-) E Barney é assim :-) De Bruxelas ele foi comigo para Düsseldorf, onde viveu por 5 anos. Quando minha irma e minha mae me visitaram, tiveram quase um chilique: um cachorro de pelúcia, 4 anos de idade, e nunca, mas nunca tomou banho? Inconcebível! Mas eu confesso: tenho um lado crianca que nao morre nunca, e que me transforma no Linus com o seu cobertorzinho inseparável. O que aconteceria com o pobre do Barney dentro de uma máquina de lavar roupa? E a outra pergunta, menos importante mas também presente, era: o que aconteceria COM a máquina de lavar roupa? Será que uma bolota de pêlos gigante se formaria e entupiria toda a tubulacao? Entao o banho de Barney foi se postergando, postergando, postergando (para desespero da ala feminina da minha família). Tadinho, ele estava bem sujinho, mas continuava taaaao fofinho!

Me mudando para Aachen, Barney se mudou comigo. E depois de 8 anos, a hora do banho ainda continuava postergada. Até essa semana. Essa semana, nao sei porque cargas d'agua (literalmente), decidi levá-lo até uma lavanderia. Com o coracao na mao. Vai que meu cachorro volta totalmente carequinha? Chegando ao balcao da lavanderia, entreguei uma calca de namorido que precisava ser lavada e uma sacola com Barney. A mulher do balcao ficou me olhando pra ver se realmente ia deixar aquele bichao lá com eles, e eu perguntei: 'voces lavam bichos de pelúcia?' Ela, depois de avaliar a quantidade de pêlo do pobre Barney, disse: 'nao, nao sei, nao todos'. Como ela ainda estava hesitante entre sim e nao, eu peguei a patinha dele e disse 'por favor, me lave, me lave'. E entre me achar uma louca completa ou cair na gargalhada, ela escolheu a segunda opcao :-) E a resposta foi 'claro que sim, pode deixar que a gente cuida dele' :-) E lá se foi Barney para o momento histórico do seu primeiro banho. Que, por sinal, foi mega demorado e demorou 5 dias!!! Mas, sexta-feira lá fui eu, buscá-lo, curiosa para ver o resultado e sim... ele sobreviveu!!! :-)

De fotogênico ele nao tem nada, mas é tao, tao fofinho!

8 comments:

Dona Flor said...

Eu achei ele fotogênico sim!! Super lindo! Ah, adorei seu abajur também! ;-)
Beijos.

Silvinha said...

Adorei conhecer o Barney!!! Ele é muito fofo!

Lumpy sò toma banho de perfume :) (medo do dia da lavagem chegar, fico com o coração na mão)

Beijo!

Anonymous said...

eu tbém acho ele fotogênico... e agora limpinho... tá mega fofo, e pronto para mais 8 anos... bjinhos, Mí

_+*A Elite in Paris and New York*+_ said...

Detesto peluches mas esta tua historia emocionou-me imenso. Parabéns pelo primeiro banho. Coisa de realeza, porque o Luis XIV so tomou banho duas ou três vezes na sua vida :)

Beijo meu ♥,

A Elite

Márcia said...

Que fofo Angie!
O Barney é um companheirão! Engraçado que eu também tenho um lado criança como o seu: trata-se do Sebastião, um usro polar feinho mas tudo de bom!
Bjim
Márcia

Camila said...

Angie, discordo. Ele é totalmente fotogênico (não deu pra ouvir o 'ohhhhhhhhh' daí não?) e tem cara de ser gostosíssimo...
Beijos!

Tiquinha Bacana said...

Adorei o Barney! Ele é muuuito fotogênico. Eu também tenho minhas pelúcias, uma, inclusive, foi tu que me mandou da Bélgica uma vez, Angie, e chama-se Josh. Também tenho uma tartaruga de nome Petúnia, um pinguim e um cão São Bernardo de nome "Coitadinho" (todos pequenos). Será que a Tiquinha destruiria todos eles? Provavelmente sim! hahahahaha

Katia Bonfadini said...

Angie, adorei seu texto super bem-humorado e divertido!!!! A maneira como você relata suas "aventuras" é uma delícia!!! Sabe que eu também dei vários bichos de pelúcia pra adoção, mas conservei três: um urso panda que comprei na China em 1997, um ornitorrinco (exótico, né?) que comprei em Nova Iorque em 1995 e um siri que ganhei do Marcelo em 1996!!!!! Sei até as idades deles, viu????? E vou te confessar que nehum dos bichinhos tomou banho até hoje, acredita que nunca pensei nisso???? Beijocas!