Saturday, March 6, 2010

Série Dresden - capítulo 3

O Zwinger, conforme o meu guia turístico, é o edifício mais famoso (e pomposo!) de Dresden. Encomendado por Augusto, o Forte, foi construído em 1709-1732, e é um dos mais importantes exemplares de arquitetura barroca alema (te mete!). Como quase todos os prédios em Dresden, foi extremamente destruído durante os bombardeios de fevereiro de 1945 (apesar que as obras de arte e afins foram salvos por estarem guardados em locais seguros). Depois da guerra, a populacao votou pela reconstrucao do prédio (ao invés de substituí-lo pela nao tao charmosa arquitetura realismo socialista...).

Entrando no Zwinger

Dentro do Zwinger há um espacoso pátio (que deve ser lindo, lindo no verao! Márcia, aguardamos fotos suas no blog assim que a primavera chegar, hehehe) rodeado pelos lindos prédios que abrigam diversos museus: o da porcelana (que é super recomendado), o Rüstkammer (com armas magníficas), o museu da matemática-física e o Gemäldegalerie Alte Meister (ou galeria dos velhos mestres). Pelo post de Dresden do Oscar eu aprendi que o quadro da Madona Sistina, de Rafael (com os famosos anjinhos) fica nesse museu! Eu adoro os anjinhos! :-) Com o super céu azul que estava fazendo, namorido nao estava muito convencido que seria uma boa idéia visitar museu. Mas, lendo alto meu guia, dizia que uma das melhores obras de Jan Vermeer van Delft (que aliás, só agora, fazendo o blog, me dei conta que ele também é o famoso pintor da 'Moca com brinco de pérola' - santa ignorância, aaaahhh! Nao consigo guardar nome de pintor nenhum! ) estava nesse museu ('Moca lendo Carta') e isso, de certa forma, convenceu namorido. Entao depois de caminharmos e tirarmos váaaaaaarias fotos do Zwinger, entramos no museu. Foi uma visita bem seletiva (eu tinha os quadros mais famosos e interessantes e diferentes descritos no meu guia, e alguns nós também fomos descobrindo e gostando pelo caminho), entao já fomos direto para os que estávamos interessados, mas dá para passar váaaaaaaarias horas dentro do museu! E, nao, para tristeza de namorido nao é possível levar câmera fotográfica junto (eu até agora nao sei como ele concordou em deixar a câmera e as lentes dele no locker - santo van Delft!).

Ao fundo, a entrada oficial do Zwinger (que fica do outro lado da entrada que dá para a ópera). Acho que o gramado verdinho com as fontes funcionando deve dar um tchan ao lugar!

Um dos prédios da lateral

Wallpavillon - lindíssimo, e dá acesso as escadarias que permitem caminhar pela muralha e tambem apreciar a fonte do Nymphenbad.

Nas escadarias do Wallpavillon, esses anjinhos fofos e gordinhos :-) (ou sao só duas criancas?)

Wallpavillon, agora com a foto tirada de cima da muralha.


A entrada principal vista por dentro: Kronentor (ou portao da coroa)


O Nymphenbad (que com água, no verao, deve ser lindíssimo!)


Documentando tudo, hehehe

Algumas faces perdidas...

... na muralha do Zwinger

Dentro do museu, nao eram permitidas fotos. Mas tirei uma de um cartaz de propaganda sobre ele: a Madona Sistina com os famosos anjinhos :-)


Hehehe - eu acho uma fofura a cara de tédio deles :-)

Outros quadros que eu adorei foram 'Alten in Schwarzen Barett' do Rembrandt (adorei a luz!), 'Stilleben mit Leuchter und Taschenuhr' do Gerar Dou, 'Die Alte mit den Kohlebecher' (Rubens) e dois quadros do Christian Deybold que jurava-se que eram fotos de tao perfeitos ('Alte Frau mit Grünem Kopftuch' e 'Alter Man mit gefleckter Pelzmütze').
Depois da visita, tomamos um café no museu do Gemäldegalerie Alte Meister. Aliás, esse café também é uma ótima dica para quem comer alguma coisinha depois da ópera.


Café Altesemper

Depois da visita ao Zwinger, voltamos a Frauenkirchen para visitá-la, agora, por dentro. Fotos nao sao permitidas, mas váaaaaaarias pessoas estavam tirando fotos descaradamente. Entao...

... a cúpula

... o altar

... e as galerias.

Depois da visita a Frauenkirchen, fomos almocar na fábrica de vidro da Volkswagen (depois do ballet da sexta-feira, era o mínimo que eu podia fazer por namorido, hahaha). Mas isso eu conto amanha :-)

8 comments:

SandraM said...

Nossa Angie, cada prédio pomposo e maravilhoso hein. Menina, aquele quadro da Mulher com lenco verde na cabeca ... cara que coisa incrível ver que é pintura. Que riqueza de detalhes! Adorei.

Silvinha said...

Adorei as fotos! Tb gostei bastante da Gemäldegalerie e da Rüstkammer (eu sempre me empolgo com armaduras)

Realmente o tempo foi muito bacana com vocês, mal da p/ acreditar neste sol em fevereiro :o

Beijo!

Katia Bonfadini said...

Que fotos lindas, Angie!!! Vocês se superam cada vez mais no registro desses lugares maravilhosos por onde passam!!!! Eu adoro Vermeer, como certeza visitaria o museu!!!! Beijos e um ótimo final de semana... também estou aqui adiantando alguns posts!

Mi said...

que fotos lindas! vcs pegaram um dia de sol maravilhoso. bjs!

Márcia said...

Oi Angie querida!
As fotos suas e do Namorido, pra variar, estao belissimas! Duas delas eu vou tentar tirar quando a primavera chegar... Mas acho que por hora a primavera nao passa de um sonho distante...
Enfins, quando o verde inundar esta Dresden maravilhosa vou sair toda inspirada para tirar fotos! Fiquei super feliz que vcs se divertiram muito aqui!
Um bjo e otima semana!
Marcia

Oscar said...

As fotos estao lindas, que maquina o Namorido usa? Eu to querendo comprar uma maquina nova para mim!!
Embora fotos nao sejam permitidas na Frauenkirche, foram elas que permitiram a sua reconstruçao!! rsrs

Otima semana para vcs!!

Flor de cerejeira said...

Maravilhosa cidade registrada por vocês dois..e vc tá linda hem...adorei o seu cabelo e chique de óculos escuros.

Beijao

Patricia de Camargo said...

Tô apaixonada por Dresden depois de ler tua série fantástica! Já está na lista de cidades a visitar!
Beijos