Friday, June 24, 2011

Viajando pela Islândia - dia 11 - Búðir

De manha, ao acordarmos, estava tudo coberto por uma fina poeira preta (incluindo as hot tubs e a piscina, que estavam inutilizadas).

Por baixo da porta...

... e no parapeito da janela.


Fomos direto de Hveragerði até Snaefellsnes (no oeste da Islândia), através da rodovia 1, 532 e 54. O dia estava com um vento horrivelmente forte (namorido e eu tivemos que literalmente lugar contra o vento para chegar do hotel até a igrejinha negra e vice-versa). Entao decidimos ficar no hotel aquele dia, descansando e lendo bastante :-)

Hotel Búðir

Do ladinho do hotel...

... uma igreja toda em preto.


Vento foooooorte: até o mastro deu uma inclinadinha :-)

Rodeando o hotel, mais campos de lava (que cobrem 10% do território da Islândia) cobertos com musgo

Lounge do hotel com telescópio...

... para estudar os detalhes da paisagem.





Como nosso quarto ainda nao estava pronto (chegamos ao meio-dia, muito cedo para o check-in), aproveitamos para almoçar com toda a calma.

Restaurante do hotel

Pratinhos de porcelana antiga, todos diferentes (provavelmente de colecoes que quebraram durante os anos)

Adorei o arranjo singelo, com flores e verdes colhidos do lado de fora

Namorido atacou de sanduíche de parma com brie

Eu pedi o peixe do dia, que veio com um delicioso puré de abóboras e um vegetal (raiz) do lado direito que eu nao sei o nome!

De sobremesa, bolo de chocolate :-D

Depois do almoco, nosso quarto ficou pronto: sieeeeesta!

Banheiro com vista!

Vista da janela: nao parecem...

... pequenos quadros?

Vista do nosso quarto: parece uma pintura!


A tarde, fizemos uma curta caminhada pelos arredores (o vento estava realmente terrível!) e aproveitamos para ler bastante e jogar buraco (ou canastra) tomando uma boa xícara de chá quente.
De noitezinha, hora da janta. Como nao havia literalmente nada nos arredores, jantamos no hotel novamente. E a comida estava uma delícia!

Manteiga com alho negro, para dar um efeito 'cinzas de vulcao' :-)

Com paezinhos quentinhos

Escolhemos uma entrada super refrescante, que era uma espécie de mousse de peixe com céleri. Estava ótima!

Namorido pediu o peixe do dia (que veio com polenta: nem namorido nem eu gostamos muito...)...

... e eu pedi um peixe que nao lembro o nome! :-O Mas ambos deliciosos!

De sobremesa namorido atacou de bolo de azeitonas (gosto bem diferente, mas delicioso!)

E eu fui de chocolate: petit gateau, sorvete e trufa coberta com manta de chocolate branco. Nhac!

Na parede do hotel, um menu de jantar realizado em 1966!!!!

5 comments:

Isabela Santos said...

Que luxo! Agora, refresca a memória aqui, quando foi essa viagem?

Joaninha Bacana said...

Oi Isabela,
Dessa vez meu relato até que está fresquinho: foi mês passado, começando dia 13 de maio e terminando dia 27 :-D
Beijocas, Angie

Isabela Santos said...

ah tá! Esse mês vou pra iiiiirlanda. rsss, não issslândia.

christian werner said...

Essa paisagem, a atmosfera me lembrou romances policiais ingleses no meio do nada, tipo P. D. James.

Katia Bonfadini said...

Essas aventuras gastronômicas de vocês me deixam louuuuca!!!!! E adoro as fotos dos pratos, sempre surpreendentes e bem elaborados! Beijão!!!!