Wednesday, January 2, 2013

Seguindo Sem Querer

Dezembro foi tumultuado.

No finalzinho do mês, era para eu ter recebido a resposta se novos desafios professionais me esperavam no início do ano. A resposta veio: "nao, ainda nao temos nenhuma resposta definitiva, o processo precisa passar por mais dois comitês de aprovaçao." Saco. Mas estou mais relax: continuo no meu trabalho antigo, e para o desafio novo comecar, definitivamente nao depende mais de mim - agora, só me resta esperar :-)

Com todo o stress de dezembro, acabou acontecendo também um fato muito engraçado :-) No penúltimo dia antes das minhas férias, quase chegando em casa, eu me aproximo da saída da rodovia. Antes da saída, há uma placa que indica que é preciso reduzir para 100km/h. Eu vinha a 140km/h, e deixei o carro freando por si só, e procurei um lugar para me encaixar entre os carros da direita. Olhando para a direita, vi que havia um carro de polícia. Decidi que nao iria me colocar na frente do carro deles (porque isso mostraria que eu estava a mais de 100km/h - a placa do limite de velocidade havia recém aparecido, mas nao achei que seria de bom tom ultrapassá-los nesse trecho), e assim me posicionei atrás do carro deles. Quando olho, vejo o letreiro do carro de polícia piscando, e as palavras 'SIGA-ME' no mostrador do vidro de trás deles. Oh céus! O que fiz de errado? Será que eles acharam que nao havia espaço suficiente entre o carro de trás e o deles para eu me encaixar entre ambos? Mas havia!
Ok, ligo para o maridao (com o bluetooth - porque falar no celular é proibido, eu sei), e digo: 'tô seguindo um carro da polícia, vou chegar um pouco mais tarde para a janta'.
Saímos da auto-estrada (por sorte era minha saída mesmo), e continuamos por uma estradinha até virarmos em outra estradinha por onde era proíbida a entrada - mas como a polícia continuou, lá fui eu atrás - um lugar ermo e escuro, muito escuro, completamente abandonado - oh meus sais, o que é isso? Se eu nao tivesse seguindo exatamente um carro de polícia, teria tido um chilique!
Depois de um tempinho, chegamos num lugar iluminado novamente - um posto de polícia que eu nem tinha idéia que existia ali. O carro da polícia parou, eu parei, e uma van parou atrás de mim. A polícia saiu do carro, eu saí do meu, e perguntei: 'Senhor policial, está tudo bem? O que foi que eu fiz?'. Ele me olha e diz: 'A senhora nao fez absolutamente nada. Mas devia prestar mais atencao no trânsito, porque o sinal era para o veículo que vinha atrás de nós, e nao para a senhora. A senhora se posicionou entre a van que devia nos seguir e o nosso veículo, e nao notou que o sinal nao era para a senhora, e sim para o veículo que já estava nos seguindo.'
Por sorte eu nao caí na risada, porque daí o senhor policial teria achado que eu era desatenta, burra E louca :-) Acho que eu fui uma das primeiras pessoas a seguir um carro de polícia voluntariamente, eu nao tava acreditando (e nem o senhor policial, hahaha). Ele mandou eu voltar para a auto-estrada e continuar meu caminho. Eu disse: 'posso voltar pelo mesmo caminho por onde entramos? Eu sei que nao é permitido, mas é bem mais perto da minha casa'. Ele: 'nao pode, tem que pegar a auto-estrada'. Eu: 'Mas eu moro na rua tal, nao faz sentido eu voltar para a auto-estrada'. Ele: 'ok, pegue o caminho que você quiser, até logo e nao esquece de prestar mais atencao'.
Sim, eu sei: mais sorte do que juízo :-D

5 comments:

_+*Ælitis in Angola*+_ said...

Confesso, fiquei um pouco assustada quando começaste a contar a história. Afinal tudo acaba bem. Que tenhas uma resposta positiva muito brevemente. Beijinhos e FELIZ 2013!

ELY BRAGA said...

Kkkkkkkkkkkk......vc e demaissss!!!!

Anonymous said...

Miaurindo...

Lambidas

Mini&Zarah&Co.

Anonymous said...

hahaha... ainda bem que eu não estava junto, eu iria rir com certeza... mas fiquei curiosa pq o outro carro deveria seguir eles e q fim levou o outro carro?
bjinhos, Mí

Márcia Cobar said...

kkk ai que suspense! Quando vc entrou na estrada escura eu pensei que a história teria um desfecho triste. Que bom que você "brincou" de seguidinha!!!
Bjim e boa sorte com o novo trabalho! Pensamento positivo ;)