Monday, November 18, 2013

Sessao Literatura: Feliz por Nada

Feliz por Nada
Martha Medeiros
[Imagem: www.submarino.com.br]

Adoro as crônicas dela. E, por consequência, os livros de crônicas também :-)

"Eu teria uma dúzia de razoes para explicar por que gosto de viajar, mas por hoje fico apenas com esta: pela alegria de viver e pela falta de frescura."

"Independência nada mais é do que ter poder de escolha. Conceder-se a liberdade de ir e vir, atendendo suas necessidades e vontades próprias, mas sem dispensar a magia de se viver um grande amor. Independência nao é sinônimo de solidao. É sinônimo de honestidade: estou onde quero, com quem quero, porque quero. Sobre a questao da independência afugentar os homens, Marina Colasanti brincava: 'Se isso for verdade, entao ficarao londe de nós os competitivos, os que sonham com mulheres submissas, os que nao sao muito seguros de si. Que ótima triagem'."

"Amadurecer talvez seja descobrir que sofrer algumas perdas é inevitável, mas que nao precisamos nos agarrar à dor para justificar nossa existência."

"Algumas vidas até podem ser tristes, outras sao desperdicadas, mas, num sentido mais absoluto, nao existe vida errada."


1 comment:

Live from Germany said...

Também gosto muito da Martha. Este livro está na "lista de espera" de leituras aqui da minha estante mas, depois deste list, acho q vou passá-lo uns lugares mais a frente!=) deu vontade de Martha!