Friday, August 22, 2008

Cair da tarde em Düsseldorf

Na terça-feira namorido e amigo vieram para Düsseldorf me buscar do trabalho para irmos passear no Mediahafen (hafen = porto) e, depois, jantar.



Eu adoro a regiao do Hafen. Nos anos anteriores, havia também um lugar chamado Monkey Island, que era um bar estilo lounge, com muito espaço ao ar livre, prainha de areia, e muitas espreguiçadeiras. Uma delícia ficar lá no verao! E, no inverno, havia pista de patinaçao no gelo.

Infelizmente, vimos que este lugar nao existe mais. Agora, na ilhazinha, vai ser construído um hotel de luxo e um prédio de escritórios. Que pena...

Um dos meus prédios favoritos lá é esse. Nao é muito fofo com todos esses bonequinhos? :o)





Continuando a caminhada pelo Hafen, chega-se a essa ponte. No meio da ponte, há o prédio da Brasserie Café Gelateria Lido (http://www.lido1960.de/). Nós jantamos, há uns dois anos atrás, no restaurante deles, mas na minha opiniao o preço é muito alto em relaçao a qualidade da comida. Em compensaçao, o lugar é muito legal, pois é puro vidro, e fica isolado, no meio da água :o)))





O prédio abaixo eu nunca tinha prestado atençao antes, mas achei um mimo: tao bojudinho :o)))




Subindo na ponte, se têm a vista da torre de televisao de Düsseldorf (onde há também um restaurante rotatório, com uma comida excelente), e dos três prédios branco, vermelho e prateado (o prateado quase nao dá para ver nessa foto) do arquiteto Frank Gehry (o mesmo do Dancing House em Praga).




O prédio metálico, do arquiteto Frank Gehry, de pertinho




E, depois da caminhada, pausa para um cocktail. O tempo estava maluco: parecia que ia chover a qualquer minuto, mas o sol ainda estava mostrando a sua cara. Quando finalmente fomos para o restaurante, o sol veio a mil, e as cores do pôr-do-sol ficaram magníficas. Mas, disso, eu nao tenho fotos, hehehe.




Caipirinha (amigo de namorido), daiquiri de morango (euzinha) e cocktail sem álcool (namorido, o motorista consciente)



Depois do descanso, fomos encher a pança :o) no restaurante Mongo's. A idéia é baseada no churrasco da Mongólia (traduçao livre de 'Mongolian Barbecue'): todos os ingredientes sao assados numa chapa quente, e no final mistura-se um molho para incorporar. Na minha opiniao, é uma wok feita em chapa quente :o)


Primeiro, você escolhe o molho que você quer. Há várias variaçoes: curry com manjericao, abacaxi, barbecue,... Eles sao todos elaborados com diversos ingredientes. Assim que você escolhe o molho, você chama o garçom (há vários deles circulando o tempo todo), e eles escrevem na bandejinha de madeira (foto abaixo) o código do molho e o número que identifica a sua mesa e a sua posiçao na mesa.




Já munido da sua bandejinha de madeira, você vai até o buffet. Lá, voce pega uma tigelinha de cerâmica, e enche com os ingredientes que você quiser: verduras variadas (brócolis, couve-flor, batata-doce, milho, ...), coisitas variadas (alho, gengibre, cebolinha, salsinha, amendoim, abacaxi...), massas variadas, carnes variadas (carne de gado, de canguru, de peru, de galinha, ...) e frutos do mar variados (salmao, lula, camarao, ...), e deixa a bandejinha, com a tigelinha encaixada, no balcao. E volta para a sua mesa.





O 'assador' pega os ingredientes da tigelinha, e assa na chapa quente, misturando com o molho que você escolheu. E, quando está pronto, a bandejinha é trazida até a sua mesa, e dada para você.


Você pode escolher entre se servir somente uma vez no buffet, ou ir várias e várias vezes, escolhendo molhos diferentes. É claro que o preço varia também, hehehe.


Para quem mora em Düsseldorf, a dica é ir no horário do meio-dia, porque fica quase 50% mais barato.


Na foto abaixo, a tigelinha de namorido :o)




Eu acho o conceito desse restaurante bem interessante, e a variedade dos ingredientes no buffet é enorme, ou seja, dá para fazer muitas misturas legais :o) Apesar que, eu confesso: nao sou muito fa de buffet. Quando estou num restaurante, gosto de sentar e relaxar, e nao ter que levantar para nada :o) Além disso, eu prefiro que o cozinheiro tome a decisao sobre a mistura perfeita de ingredientes, molhos e temperos. Isso também faz parte do tchan de comer fora, nao? E, para quem escolhe a versao de ir mais vezes ao buffet, é preciso chamar, a cada vez, o garçom, para que ele escreve na bandejinha o código do molho. Isso eu definitivamente acho um saco. Mas, tchudo bem: o Mongo's vale como sendo uma experiência interessante :o)

4 comments:

Silvinha said...

é realmente uma wok gigante!!!

adorei conhecer um pouquinho de Düsseldorf com as fotos do Roger, mas Aachen é tão mais bonitinha!!! :o)

Beijos

Shira said...

Hey honey!!! Nice pics... and such sweet memories from Dusseldorf!
Miss you a lot (and wish I could also read Portuguese!!!)
Love,
Shira

Chantal said...

Oi Joaninha!

fiquei com vontade de passear em Dusseldorf!E essa comilança toda me deu água na boca!

bom fim de semana!

Joaninha Bacana said...

Oi Silvinha,
Cá entre nós, eu tbm prefiro Aachen, hehehe :o) Mas, nao tirei fotos da Altstadt de Düsseldorf, que tbm é bem charmosa. Quando a gente passear por lá de novo, eu documento, tchá comigo :o)))
Bjs!

Hi Shira,
I'm so glad you visited my blog!!! Hope to see you again here, and... take some Portuguese lessons, hahaha :oD
Big kiss

Oi Chantal,
Seja bem-vinda nesse espaco :o) Voce tbm tem um blog?
Bjs