Sunday, August 3, 2008

Profiteroles

Hoje amanheceu um dia lindo, com uma brisa super gostosa! Perfeito para uma caminhada, o que faremos ainda hoje de manha, eeeeeeeeh! Afinal, de alguma forma temos que gastar as calorias ingeridas ontem, hehehe.

Enquanto isso, aí vai a receita dos profiteroles (tirada do blog da Márcia - 'A Vida Escrita a Mao', que por sua vez se inspirou no livro 'Le Cordon Bleu - Complete Cooking Techniques'). Obrigada, Márcia, namorido agradece :o)

A propósito, de profiteroles, tenho um episódio da minha adolescência que nunca vou esquecer. Durante o segundo grau, morei na casa da minha avó (da casa dos meus pais, precisaria de uma hora de ônibus para chegar até o novo colégio). A casa da minha avó era cheia de gostosuras (aliás, alguém teve vó que esperava, no verao, com um drinque de morango, leite condensado e frisante/champagne na volta da escola? Eu tive, hehehe). Bom, voltando aos profiteroles: um dia, ela fez uma bandeja cheia dos ditos cujos! Eu, que nunca tinha comido profiteroles caseiros, fiquei encantada! Ela colocou a bandeja bem no fundo da geladeira, e lá ficou. Todos os dias, eu abria a geladeira, e comia 3 a 4 daquelas maravilhas. No final da semana, para surpresa minha, a bandeja estava vazia (claro que, como uma boa adolescente, deixei a bandeja na geladeira mesmo, hahaha. Seeeeem comentários!). Naquele dia, minha avó abriu a geladeira, e procurando algo no fundo, disse: 'Ah, a bandeja dos profiteroles! Esquecemos totalmente de comer os ditos cujos!'. Tirando a bandeja, só havia migalhas para contar a história. E a minha cara de culpada, olhando pra ela, como que dizendo 'Ué, vocês nao estavam comendo os profiteroles também?' Demos boas risadas juntas :o)

Ok, voltando aos profiteroles. Como cozinha é cultura, aqui vai um trecho copiado do wikipedia, que eu nao sabia (achei que profiteroles eram populares na Itália, e nao na Franca):
"Profiterole é uma sobremesa muito popular na Franca e foi considerada uma iguaria real no século XVI. Graças a um pedido de Catarina de Médicis, soberana da França na época, um chef italiano criou a receita, que vem sendo aperfeiçoada ao longo dos tempos. Dizem que atualmente o profiterole está para a França, assim como o brigadeiro está para o Brasil."


Receita abaixo (copiada, tal e qual, do blog da Márcia):

"CHOUX

100g de manteiga
250ml de água
4 colheres de sopa bem rasas de açúcar
1 pitada de sal
150g de farinha de trigo
4 ovos
chocolate em barra para cobrir

Numa panelinha, junte a manteiga, a água, o açúcar e o sal. Leve ao fogo médio até começar a fever. Tire do fogo e junte a farinha de uma só vez. Não se descabele porque parece que tudo vai ficar empelotado. Use uma colher de pau e mexa com vigor até tudo virar uma bola bem lisinha. Junte os ovos um a um e misture bem (bem mesmo, força nos braços) em cada adição até virar uma massa lisa, brilhante e cremosa.

Numa forma coberta com papel manteiga, pingue bolinhas da massa com a ajuda de duas colheres de chá (ou saco de confeitar, se preferir). Deixe espaços entre as bolinhas para elas crescerem em todo seu explendor. Asse-as em forno pré-aquecido a 200ºC por 15-20 minutos, até ficarem bem estufadas e douradinhas. Desligue e não abra a porta do forno em hipótese nenhuma por outros 10 minutos, para evitar que eles murchem e virem panquecas. Retire-as do forno e deixe-as esfriando numa grade.

Derreta um chocolate em barra de boa qualidade em banho maria e mergulhe a ponta de cada profiterolle nessa piscina e coloque-os para secar num papel manteiga. Prontinho."


E eis o resultado abaixo :o) (Vó Ila, esses todos sao em homenagem à senhora, hehehe).

A propósito, eu nao recheei os ditos cujos imediatamente. Primeiro fiz os profiteroles, e dei o banho em chocolate. E, separado, estou fazendo o recheio. Quando namorido quer atacá-los, eu corto eles no meio, e taco-lhe uma colher de creme (creme de leite (18% de gordura - o colesterol agradece, hahaha) com acúcar de baunilha, e duas colheres de acúcar normal). Assim, eles ficam crocantes e deliciosos por mais tempo :o)




4 comments:

Silvinha said...

Angie, adorei a historia da sua avo!!! Dei boas risadas imaginando a cena! Queria ter tido uma assim :)

E seus profiterolis ficaram lindos, lindos, tô babando!!!

Beijos

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos said...

Avô e gostosuras é puro pleonasmo!
Beijocas,

Anonymous said...

nossa, ficaram lindos e de dar água na bocaaaaaaaaaa... bjs, mí

Anonymous said...

Oi Angie acabei de copiar a receita ! E aproveitei e enviei pra 2 amigas. Beijos!!! Ah e obrigada ! Val