Monday, October 5, 2009

Continuacao do casório...

Nós chegamos na igreja às 16h40 e o noivo já estava em pé, sozinho, esperando os convidados chegarem e a noiva. O bom de chegar cedo foi que pudemos bater um papo com ele, porque depois, com tantos convidados (eram umas 150 pessoas) ficou difícil de conversar.

Euzinha, esperando a festa comecar :o)

O dia nao podia estar mais perfeito para um casório: com sol, mas uma temperatura amena (nem quente, nem frio).

Às 17 entramos todos na igreja. No início da tarde, quando havíamos chegado no lugar, a igreja já estava com o tapete vermelho mas sem flores. Porém, para a cerimônia, a igreja estava decorada com flores brancas. Conforme namorido, apesar de nao ter razao de ser, flores sao muito caras na Espanha, e portanto nao é sempre que a igreja também é decorada.

Igreja antes das flores...

... e depois (na verdade, nao dá para ver muito bem, mas haviam grandes arranjos de flores na frente)

Detalhe das flores

Detalhe da abóboda

Depois de todos os convidados entrarem dentro da igreja (e de levarem um xixi do padre para fazer silêncio (com direito a 'shhhh' no microfone, igual a kindergarten, e pérolas do tipo que o dia era só dos noivos e que todas as pessoas presentes ali eram coajuvantes e que deviam se comportar (por favor!)), o noivo entrou com a mae (ao som de Canon, de Pachelbel). Quinze minutos depois, entra a noiva, com aria de la suite en Re, do famoso Bach :o)

Detalhe do véu da noiva, que seguia o mesmo padrao no vestido

Buquê da noiva repousando numa bancada, junto com as aliancas numa almofadinha

Para preservar a privacidade, nao vou colocar nem fotos dos noivos nem dos convidados nesse bloguito que vos fala. Mas, em quesito roupa, o casamento seguiu o mesmo padrao que do Brasil, com excecao de duas coisas: os vestidos das convidadas eram mais discretos (longos ou a altura do joelho, mas sem brilhos ou lantejoulas) e o preto era a cor predominante.

Durante a cerimônia na igreja, várias outras cancoes também foram executadas com uma soprano acompanhada por um violao, uma flauta transversal e uma harpa. Lindíssimo, as músicas eram de arrepiar e a acústica da igreja era excelente!

Para sentar durante a cerimônia, os noivos seguiram a antiga tradicao de sentar de costas para o público (eu achei isso normal, mas conforme eles me explicaram, normalmente os noivos sentam do lado direito do padre, em diagonal, olhando para o público).
Outra coisa que eu já tinha visto num casamento na Bélgica, e que se repetiu nesse aqui, sao uma espécie de folheto (ou livrinho) com a programacao da missa, as passagens lidas e agradecimentos dos noivos e dos pais dos noivos. Esses folhetos (personalizados pelos noivos - geralmente seguem o padrao do convite, do menu, e afins) sao distribuídos em todos os bancos e cadeiras, e cada convidado ganha um. Isso é normal em casamento católico em toda parte do mundo?

Banquinho dos noivos com o folheto do casório em cima


Após a missa, saímos todos e ganhamos pétalas de rosas para jogar nos noivos :o) Um amigo belga e eu ficamos a festa inteira interrogando namorido sobre o que é típico ou nao. E claro que eu perguntei: 'cadê o arroz?' Namorido disse que o arroz também é típico. Entao tá :o)



Depois da saída dos noivos, comecou o bate-foto oficial (odeio essa parte, adoro bem mais quando as fotos 'acontecem'). Uma pessoa comecou a chamar os convidados um a um para bater uma foto com os noivos no tapete vermelho, na frente da igreja. Enquanto isso, o resto dos convidados se reunia em grupinhos e batia papo.

Depois das fotos oficiais com os convidados, os noivos saíram para bater as fotos artísticas nos jardins, e enquanto isso os aperitivos e bebidas foram servidos. Eu nunca vi taaaaaaanto aperitivozinho junto na minha vida! E isso que, depois de toda essa comilanca, ainda seria servido janta! Mas estava uma delícia, por mim eles podiam ter eliminado a janta e ficado só nos aperitivos mesmo!

Um brinde aos noivos! Na sei que drink cor-de-rosa era esse, mas era super refrescante!!!

Quando eu tô feliz minhas 'marcas de expressao' aflorescem, hehehe


Eu fiquei tímida (aliás, eu sou tímida, hehehe) e nao tirei foto de tudo que eu queria (lamento!). Portanto, as fotos dos aperitivos abaixo nao fazem jus ao banquete de comidinhas que foram servidas. Em vista disso, decidi colocar a lista (quase) completa dos ditos cujos (que, óbvio, eu nao memorizei: estava escrito na carta de menu que recebemos depois na mesa). E quem nao se amarra em nomes de comidinhas pode ler assim mesmo e treinar o catalao :o) (aliás, por falar em catalao, sabia que é a oitava língua mais visitada no site Wikipedia? Te mete!)

Mascarpone amb meló [marcarpone e melao - a combinacao dos dois estava excelente, fica a dica!)
Tarteletes d'ous de guatlla [tortinhas de ovos de quail - nao sei o nome em português. Esse canapé era uma graca, porque no meio de uma tortinha salgada havia um super-mini ovo frito. Infelizmente, nao deu tempo de fotografar!]
Torradetes amb escalivada [torradinhas com legumes marinados]
Mouse de bacó o Quiche [quiche com recheio de bacon]
Mini brioche de Roast-beaf [mini brioche de roastbeef]
Pans prenyats [paes 'grávidos' - 'grávidos' é com um recheio dentro]
Croquetes d'au i pernil [croquetes de frango e pernil]
Bunyols de Bacallà [bolinhos de bacalhau]
Gambes a l'ajillo [camarao ao alho e óleo]
Xipirons a l'andalusa [xipirons é uma espécie de marisco]
Mini patates farcides amb graten de porros [mini batatas recheadas com alho porro]
Encenalls de pernil i pa amb tomàquet [fatias de presunto ibérico e pao com tomate - que é super típico, o pao é branco e o tomate é esfregado por cima]
Foi amb tòfona [foie gras com trufas]
Torradetes amb salmó marinat [torradinhas com salmao marinado]
Formatge de raclette fos (queijo de raclete derretido]
Barbacoa de brotxetes de botifarretes i xistorra [espetinho de linguicas típicas da regiao grelhadas]
Degustació de fideuà [degustacao de macarraozinho - é tipo uma paella mas com macarraozinho]
Degustació d'arròs negre [degustacao de arroz negro]
Barbacoa de brotxetes de calamrs i llagostins [espetinho de lula e camarao grelhado]


Quando saímos da igreja, as mesas apareceram como mágica no jardim! Mas as comidinhas ainda nao estavam aí (com excecao do pernil ibérico na mesa do meio - dá para ver o ossao?)

Assim comecaram os aperitivos: o primeiro prato com queijo mole e mel envolto numa folha de parreira (delíiicia!), o segundo sao as torradetes amb salmó marinat e o terceiro também nao estava listado (acho que era torradinhas com anchova)

E para os petiscos quentes os garcons vinham e vinham e vinham de novo oferecendo bandejas e mais bandejas. Oh tentacao!
Além disso, havia duas mesas montadas para o momento degustacao:

Degustació d'arròs negre

Degustació de fideuà

Uma parte nao divertida foi que essa parte de comes e bebes se deu no jardim, em cima da grama. Desnecessário dizer que meu salto (agulha) afundava continuinamente no solo fofo. O engracado é que, quando eu fui pegar um pedaco do presunto ibérico (que era meio longe do lugar onde estávamos parados conversando), meu salto afundou tao fundo na grama que eu nao conseguia desenterrar! Aí, para piorar a situacao, um senhor se ofereceu para ajudar a desenterrar meu salto e ficou puxando a minha perna. Imagina o cenario: eu, de prato na mao, tentando manter o equilíbrio numa perna só (num salto agulha em cima da grama) enquanto meu outro pé era socorrido por um senhor. Por pouco, mas por muito pouco, eu nao me estatelo em cima da mesa com a pilha enorme de pratos (o que, com certeza, teria sido a sensacao do casamento!). Mas, nada aconteceu, eu nao caí, o senhor conseguiu ajudar a desenterrar o meu salto da grama, e com o resto da dignidade que me sobrava, voltei mancando para perto de namorido, que da cena nao havia visto nada (gracas, hehehe). Depois dessa, arrastei uma cadeira até a grama e sentei: sandália de salto agulha com solo de grama NAO é uma boa opcao!

Amanha tem mais! Eu sei, esse blog nao era para ser que nem novela (principalmente que eu nem estou mostrando as cenas dos próximos capítulos de ontem!), mas sao muitas fotos e dá um trabalhao selecionar! Conclusao: namorido é o culpado :o)

9 comments:

Anonymous said...

oi, respondendo tua pergunta, sim na igreja católica é usual ter estes livrinhos com as leituras e músicas do casamento, isto tbém fazem em batizados... claro que tem custo, então nem todos fazem... depois destas tuas fotos fiquei com fome... hehehe... bjinhos, Mí

Flor de cerejeira said...

nossa, a sua foto valeu por todas nao publicadas do casamento. Poderosa!

Silvinha said...

Que lindo seu vestido :)

E a decoração ficou simples e elegante. Enfim uma noiva não entrou ao som de Mendelssohn!!! (eu gosto de Bach).

Impressionante a quantidade de aperitivos mesmo, e ainda tinha jantar depois!! :o Adorei ler os nomes em catalão.

Aguardo as cenas dos proximos capitulos, hehe

Beijo!

Cacá said...

Angie, dá trabalho escrever um post tão bem escrito e cheio de fotos, mas a gente agradece o seu trabalho!!
Obrigada! As fotos e relato estão o máximo! :)
Adorei tudo!
E não é de praxe ter esse folheto com a ordem da celebração em casamentos católicos, não no Brasil, pelo menos! hehehe...
Beijo beijo!

Luciana said...

Eu estou à espera de um outro casamento ... aliás a parte 2 de um mesmo casamento ... hehehe

Bjs,
Lu

Camila said...

Uau!!!! Deve ter sido realmente maravilhoso! (E o drink rosa me deixou com vontade...)
Em tempo: quail = codorna. (Ovinho de codorna frito é a coisa mais fofolete!)

Anonymous said...

agora lembrei, qual a relação da caixa, luva e pó branco com o casamento??? estou curiosa... bjinhos, Mí

Katia Bonfadini said...

Angie, que post fantástico! Nem sei por onde começar... adorei o drink rosa e parece bem refrescante mesmo! Será que é mistura de espumante com grenadine? Acho que vou experimentar essa mistura! Outra coisa: eu acho que "quail" é codorna, mas não tenho certeza absoluta. E eu entendo quando você diz que gostaria de ter tirado mais fotos, mas é tímida. Eu também sou!!!! No casamento da minha prima em Portugal, eu adoraria ter chegado e começado a tirar mil fotos, mas fiquei sem graça porque eu era a única com máquina fotográfica por lá... pra mim, a festa era meio "exótica", mas pro resto dos convidados, não. Então me senti uma estranha no ninho e não registrei tudo o que gostaria! Uma pena... Mas adorei o espaço da festa espanhola, as mesas ao ar livre e a descrição dos aperitivos, tudo parece delicioso! Seu vestido e cabelo também estavam lindos!!! Vai ter parte 2???? Beijão!

Tiquinha Bacana said...

Angie, AMEI teu vestido, que linda estávas!!! Aliás, tuas fotos são ótimas, deverias pensar seriamente em virar fotógrafa profissional! Impressionante! Amiga, linhas de expressão são uma desgraça, não?! Eu também as tenho... e jamais publicaria uma foto minha assim, hahahahahaha. Que coragem a tua! Bom, dá-lhe cremes e mais cremes para tentar retardá-las ao máximo.

Beijão