Tuesday, July 13, 2010

Rumo a Malmö, nossa última parada na Suécia

Depois de finalizado nosso tour pelo norte da Suécia, era hora de voltarmos para casa. E aí que nos arrependemos de ter feito tudo de carro (se tivéssemos planejado, com certeza teríamos ido de aviao até Estocolmo e, de lá, alugado um carro para fazermos o tour pelo norte): no primeiro dia da volta para casa (Aspa Bruk - Malmö), 425km. No segundo dia (Malmö - Bremen), 481km (com direito a 2 horas e meia de engarrafamento...). No terceiro dia (Bremen - Aachen), só 376km e... chegamos, lar doce lar :-)

No primeiro dia da nossa volta, já pertinho de Malmö, decidimos conhecer Lund e almocar por lá. O tempo nao ajudou (estava chovendo forte e o céu estava todo cinza) entao decidimos ir conhecer só a atracao principal da cidade que é a catedral (datada de 1145). Aliás, Lund é considerada uma das cidades mais antigas da Suécia.
Catedral de Lund - infelizmente estava fechada para visitacao: havia alguma forma de cerimônia de graduacao acontecendo, ou algo do gênero

Na praca ao lado da catedral, um estrondo enorme! Parte da comemoracao eram tiros de canhao. Coloca pólvora...

... empurra tudo ao fundo e...

... catabum!!! O barulho era ensurdecedor!

Fechem os ouvidos, o barulho é aaaaaalto!


De Lund, fomos direto para Malmö, o destino final do dia. Ficamos no hotel Renaissance (da rede Marriot) que ficava pertíssimo da praca central. Como estávamos fora do período de férias, conseguimos um preco ótimo pelo hotel, que era excelente.

O tapete do corredor era meio estrambólico...

... combinando com as cores da decoracao do quarto :-)


Chegando no hotel, tomamos um banho, demos uma descansada, e fomos explorar Malmö novamente. Dessa vez, sem chuva (essa acabou ficando em Lund, gracas, hehehe).

Sim, confirmado, estamos em Malmö...

... e a primavera também :-)

Lilla torget repleta de barzinhos e flores...

... assim como a praca da prefeitura (Stortorget)

Na fonte da Stortoget alguém havia jogado ou detergente ou sabao em pó: estava a maior espuma :-)

Do agito das duas pracas principais, cheias de barzinhos e cafés, fomos no Hemanska Garden (cuja entrada fica no Lilla torget, dando acesso ao Form Design Center). O museu de design já estava fechado, mas acabamos ficando por lá mesmo: o jardim interno tem um café/restaurante (Czechpoint) que é muito mais tranqüilo que o agito das grandes pracas. Pelos pratos, deu vontade de experimentar a comida também, mas já tínhamos reserva em outro restaurante, entao ficamos só para uma bebidinha :-)

Enquanto tomávamos uma bebida, namorido ia fotogrando tudo em volta: de telhas...

... a pássaros...

... aos prédios...

... e até o banco em forma de onda :-)

De noite, fomos jantar no restaurante Arstiderna, localizado na Stortorget. Mesmo sendo no porao, o restaurante era relativamente claro. Quando chegamos, nos colocaram numa mesa do lado da saída do ar condicionado que estava a toda (e que ficava pertinho do chao). Pedimos para trocar de lugar, e tivemos que esperar 25 minutos (cronometrados, hehehe) para que isso acontecesse (depois de insistirmos duas vezes e já estarmos quase a ponto de irmos embora). Quando finalmente fomos trocados de mesa, o servico até que foi relativamente rápido. A comida estava boa, mas a atmosfera e o servico nao fizeram jus ao local.

O restaurante Arstiderna fica em Kockska Huset (prédio de 500 anos) na Stortorget

Flor de sal, pimenta e... nao lembro!


Paezinhos quentinhos :-)

E o amuse-bouche que, se nao me falha a memória, era algo com peixe :-)

Entrada de namorido: terrine de aspargos com espuma de cebola verde e salmao levemente defumado
[asparagus terrine with green onion foam and lightly cured salmon]

Minha entrada: queijo de cabra da regiao com brotos verdes da estacao regados por vinagrete de mel e framboesa
[local goats cheese with summer greens and herb sprouts, raspberry and honey

vinaigrette]

Prato principal de namorido: filé de gado com vegetais grelhados da estacao, nhoque com molho de queijo parmesao e amarone (vinho tinto italiano tipicamente seco)
[fillet of beef with summer vegetables from the grill, parmesan gnocchi and vinho Amarone sauce]


Eu ataquei de salmao frito na manteiga com camaraoes ao molho de curry e timbale (como se traduz isso para o português? Ou é timbale mesmo?) de maca, cebolas roxas e batatas novas
[Butter fried salmon with curry fried shrimps and a timbale of apple, red onions and new potatoes].


Para encerrar, namorido foi de queijo...
[Selection of local cheese with accompaniments]


... e eu de creme brulee com sabor de laranja e canela, e sorvete de cumaru (nunca tinha ouvido falar antes! É uma vagem para aromatizante como a baunilha)
[Crème brulèe with taste of orange and cinnamon, tonka bean ice cream] :-)


Voltamos rolando para o hotel :-)

No dia seguinte, próxima parada: Bremen.

8 comments:

Silvinha said...

Que bacana Malmö :)

Beijo!

Marcia H said...

Legal essa viajem, heim.

Vamos lá: você sabe o que é um timbal? Já ouviu falar duma banda baiana chamada Timbalada? Entao, antigamente Timbale era sempre uma espécie de torta salgada recheada, assada numa forma de tambor, mas agora eles te dao só o recheio rsrsrs em forma de tambor.

usa-se fava tonka ou fava cumarú para fazer ebós - oferendas - no candomblé, mas agora descobriram o potencial na culinária - tem brulée com tonka no clube de tênis, vamos?

tenho que devolver os livros, amei, ri muitoooooo

bjss e lembrancas ao namorido

Mi said...

Nossa!
Cada foto linda, e algumas até de lamber os beiços "chiquemente" rss.
Adorei.
Obrigada por todos os comentários lá no blog.
Bjs

Live from Germany said...

Menina, a volta pra casa é sempre o mais difícil hehehehe...
Maravilhoso esse restaurante, hein?? Eu nao sou chegada num peixe mas, essas sobremesas eu nao dispensaria nem dormindo!!! kkkk
bjs

Coisas de Ta said...

Lindas fotos!
Essas comidaass, ai meu Deus, enche a boca de agua. ;)

Bjus da Ta

perdidinha... said...

uma bela viagem, né?
parabéns!
beijocas.

Katia Bonfadini said...

Angie, que saudades de passar por aqui e conferir suas deliciosas aventuras de viagem!!!!!! Malmo parece ser bem legal e é uma das cidades mais conhecidas da Suécia,não? As flores da praça estão lindas e super coloridas!!!!! Deve ser a melhor época do ano pra visitar a cidade! Hoje também publiquei no blog um relato de viagem sobre Praga. Eu estava morrendo de saudades de fazer esses relatos, mas são as postagens que me dão mais trabalho porque eu nunca lembro dos nomes dos lugares e tenho que fazer pesquisas pra não escrever besteira, rsrsrsrs. Mesmo assim, muitas vezes não encontro uma imagem que se assemelhe à imagem da minha foto e ela vai assim mesmo, sem legenda! Agora estou escrevendo a segunda parte, que é a mais interessante. A cidade é linda demais!!!! Grande beijo!!!!

Luiz D. Lago said...

Olá Joaninha, tudo bem?
Sei que estou sendo abusado, mas não tenho dinheiro pra publicidade. Sou escritor, moro em São Paulo, publiquei um livro (romance) que está à venda no Amazon.com
Não sou um escritor conhecido e, portanto por aqui ninguém dá a mínima para o que faço. Como o Amazon distribui pra qualquer canto do mundo, a minha idéia é divulgar para os brasileiros que vivem no exterior. Você pode me ajudar? Se ok, o link para o livro é este aqui:
http://www.amazon.com/norte-toda-vida-Portuguese-Luiz/dp/1453719059/ref=sr_1_3?ie=UTF8&s=books&qid=1281840900&sr=8-3

Pode parecer falta de modéstia, e acho que é, mas o livro é bom, tem uma narrativa diferente e conta uma história muito legal.

Obrigado e um abraço.
Luiz D. Lago
São Paulo - SP
www.ruaserradas.blogspot.com