Monday, June 6, 2011

Viajando pela Islândia - dia 3 - Quedas d'Água

Na estrada 365, entre o Geysir e Þingvellir, demos uma paradinha em Laugarvatnsvellir. Lá se encontra uma caverna que foi usada pela primeira vez, em 1910, como moradia. Hoje está abandonada (ou nao -conta a lenda que há vários elfos na regiao..).
Aliás, essa parte mística é bem forte na Islândia: elfos, trolls e fantasmas fazem parte do cotidiano (encontramos até um mapa da Islândia - distribuído gratuitamente - com as áreas assombradas e as áreas onde trolls habitam :-) ).
De qualquer maneira, além da gruta e dos elfos, o tchan de Laugarvatnsvellir é a paisagem mesmo!

Indo por uma pequena estradinha em...

... direcao a Laugarvatnshellir.

A caverna...

... e a imensidao aos pés dos ex-moradores.

Os diversos tons das montanhas


De Þingvellir, indo pela estrada 1, fomos conhecer duas famosas quedas d'água: Seljalandsfoss e Skógafoss.

O legal da Seljalandsfoss é que é possível caminhar por trás da queda d'água! Infelizmente, quando estivemos por lá, o caminho de acesso estava bem difícil: de ambos os lados nao havia um caminho propriamente dito, mas só rochas. Como havia chovido, as rochas estavam úmidas e escorregadias. Eu até tentei, mas fiquei com medo de torcer o pé já no início da nossa viagem, entao resolvemos nao arriscar :-)

Seljalandsfoss...

... também de ladinho.

O caminho por trás da queda d'água

A trilha de acesso

De Seljalandsfoss visitamos outra famosa queda d'água: Skógafoss, uma das maiores quedas d'água da Islândia (com 25 metros de largura e 60 metros de queda). É comum se ver um arco-íris na água que espirra durante a queda, mas o sol nao colaborou conosco :-)

E como quase tudo tem uma história por trás, conta a lenda que o primeiro viking que habitou a área (Þrasi Þórólfsson) enterrou um tesouro numa caverna que fica atrás da queda d'água. Será? :-)

Skógafoss...

...também de pertinho.

Na foto acima (clicando nela para aumentar), é possível ver vários pontos brancos do lado direito. Esses pontos sao pássaros (a maioria gaivotas ou moleiros - acho...) que estao chocando os ovinhos. Na primavera, a Islândia se eeeenche de pássaros chocando nos ninhos, e esses pontos brancos em várias montanhas sao uma constante :-)

Chocando

Para dormir, ficamos no Hotel Skógar, a cinco minutos a pé da queda d'água. Éramos os únicos hóspedes do hotel naquele dia (o mês de maio tem dessas coisas) e ganhamos o único quarto com vista (mesmo que de longe) para a queda d'água :-)

Nosso quarto...

... com a janela dando para...

... a Skógafoss. Ao fundo, as montanhas das geleiras Eyjafjallajökul (soa conhecido? :-) ) e Mýrdalsjökull.

O início das geleiras mais de pertinho

Da outra janela, uma paisagem bem típica: campos e ovelhas, muitas ovelhas, com seus pequenos filhotes :-)

E mais pássaros: esse é o ostraceiro. Conforme nosso parecer, com tendências suicidas: cada vez que encontrávamos os ditos cujos no meio da estrada, eles se moviam beeem devagarinho, caminhando como se estivessem numa faixa de pedestres :-)

O restaurante do hotel

E a janta de namorido. Para beber, cerveja islândica (que ele aprovou totalmente!)

Amuse-bouche: salmao defumado com raiz forte, rúcola e pao preto

Como entrada, sopa temperada de tomate.

Como prato principal, salmao, batata-doce e salada.

E, para finalizar, sobremesa: sorvete caseiro de baunilha com bolo de chocolate, morangos e mirtilos (obrigada, Silvinha :-) )

5 comments:

Silvia said...

Que paisagens deslumbrantes, amei as fotos :)

Beijo!

Nina said...

gente tudo lindo! mas essa sopinha de tomate me abriu o apetite :-)

tava frio Angie??

Joaninha Bacana said...

Oi gurias,
Tava frio sim, Nina. Mas nada dramático (entre 6°C e 8°C). Agora, o que era frio mesmo era o vento! Assim que a gente saía do carro, nem que seja para fazer uma fotinho, já colocava o casacao e touquinha, hehehe.
Beijocas pras duas,
Angie

Taia Assunção said...

Marido diz que pássaros assim são adeptos de esportes radicais...rsrsrs. A sobremesa está com uma cara ótima. Beijocas!

Katia Bonfadini said...

Quantas belezas naturais, Angie!!!!! E as comidinhas, hummmmmm... O que eu amaria provar é essa cerveja!!!!! Que coisa mais exótica, adorei o rótulo mesmo sem entender nada do que está escrito! Beijão!